7 Mitos sobre fazer sexo menstruada.

7 Mitos sobre fazer sexo menstruada.
5 (99.78%) 91 votes

fazer sexo menstruada por engravidar?

Se olharmos pelo ponto de vista fisiológico do corpo feminino, nada há o que impede o ser humano de fazer sexo menstruada.Mas, transar ou não, durante o período da menstruação, depende só da vontade e do querer ou não do casal.

Muitas mulheres e homens não são adeptos a esta prática de fazer sexo menstruada por conta da higiene, mas também há quem diga que são nestes dias em que sentem mais prazer.

Mas, o mais importante é que se tenha conhecimento de algumas informações para curtir essa hora ao melhor estilo.

Para isso, listamos 7 mitos sobre fazer sexo menstruada. Confira abaixo quais são eles:

1 – Aumento do risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis ao ter relações sexuais menstruada.

Verdade.De acordo com médicos ginecologistas é no período em que a mulher está menstruada, onde o colo do útero está mais aberto para a saída do fluxo de sangue, que o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis aumenta, já que tantos fungos quanto bactérias conseguem atingir a cavidade pélvica com mais facilidade.

Tudo isso pode acabar facilitando a contaminação por vírus como o HPV e HIV, além de hepatites C e B, bem como gonorreia.

É no período menstrual que o sangue irá alterar o PH vaginal, fazendo com que ele se torne menos ácido, o que acaba contribuindo para o aumento das chances de contrair infecções, tais como a tricomoniase, de parasitas, e a clamidia.

Já para os homens, ter o contato direto com o sangue pode colaborar para o aumento das  chances de contrair doenças como as hepatites C e B, sífilis e até HIV.

Por isso, o indicado é sempre a utilização de preservativo em todas as relações sexuais, seja em sexo menstruada ou não.

2 – Não tem como engravidar quando se faz sexo menstruada.

Mito. Embora seja muito difícil de se engravidar no período em que se está menstruada, é preciso saber que isto não é impossível, principalmente quando se fala nas mulheres que têm o ciclo irregular ou os chamados de curtos, com 22 dias, em média, e que logo após a menstruação acabam ovulando.

Os especialistas da área explicam que como os espermatozoides podem sobreviver dentro do corpo feminino de 3 a 4 dias, pode acontecer o encontro deles com o óvulo e então, assim, acontecer a fecundação, isto é, a gravidez

É preciso também se atentar ao ponto de que algumas mulheres têm sangramento na fase em que ovulam ou até mesmo quando o óvulo fecundado se instala na parede do útero, e tudo isso pode ser confundido com a menstruação.

Este é um dos inúmeros motivos para não ter relações sexuais, principalmente no sexo menstruada, sem o uso de preservativo, pois a mulher pode estar no período fértil e nem estar sabendo disso.

3 – Aumento da libido durante o período em que se está menstruando.

Verdade. Com o aumento do nível do hormônio estrogênio, que se inicia alguns dias logo após o começo da menstruação, há também a elevação do hormônio testosterona, que é o grande responsável pela libido.

Por este motivo é que algumas mulheres relatam que acabam percebendo um aumento de sua libido no período menstrual.

Mas também há que relaxa por conta de ser um período de maior dificuldade de se conseguir engravidar ou até mesmo as mulheres que não estão preocupadas com a sujeira ou até acreditam que o sexo menstruada se torne mais prazeroso por conta da lubrificação natural, que, nesse caso, é realizada pelo sangue.

4 – A menstruação acaba aumentando a sensibilidade das mulheres na cama.

Verdade. É no período menstrual que os vasos sanguíneos ficam tanto mais congestionados quanto dilatados na região do clítoris e da parede da vagina, o que traz um grande aumento da sensibilidade no local.

E não é só isso… a menstruação acaba fazendo a retenção de líquidos e com isso vem o inchaço, que normalmente deixa os seios mais sensíveis, redondos, maiores e mais receptivos ao toque das mãos e da boca.

5 – Pode-se fazer sexo menstruada enquanto se faz o uso de absorvente interno.

Mito. Embora já exista no mercado um absorvente que é em formato de esponja e que ajuda fazer sexo menstruada, pois promove menos escape e também neutraliza o odor do sangue, praticar sexo menstruada enquanto se faz uso do absorvente interno não é indicado pelos médicos, já que a penetração pode acabar descolando a esponja ou absorvente, fazendo com que ele entre mais a fundo na vagina e com isso fazendo com que a sua retirada se torne muito mais difícil.

Outro item que também deve ser evitado de ser utilizado enquanto se mantém relação sexual é o coletor menstrual que, apesar de ter uma textura mole, pode afundar na vagina e ficar muito difícil de sair.

Só o absorvente interno já contribui para bactérias se proliferarem e por conta disso, não se deve realizar nenhuma outra prática que possa ainda aumentar estes riscos.

6 – Não se pode receber sexo oral durante o período menstrual.

Mito. A mulher pode sim receber sexo oral durante os dias em que está menstruada, mas com algumas restrições.

O parceiro(a) não deve ter contato com o sangue e deve-se realizar uma boa higiene e a utilização do absorvente interno, já que nesse caso não haverá penetração.

7 – Fazer sexo menstruada alivia os sintomas da TPM – Tensão Pré Menstrual.

Verdade. Ao ter sexo menstruada, o corpo produz e libera endorfina, uma substância que é produzida pelo cérebro e também é muito conhecida por ter uma grande ação analgésica, o que contribui para diminuir as cólicas e outros sintomas indesejáveis do período menstrual.

Outra vantagem é que a endorfina ainda ajuda a aumentar a sensação de prazer e bem estar, o que claro, acaba colaborando com o bom humor. Além de tudo isso, a contração do útero acontece quando ocorre o orgasmo, o que contribui para a saída do fluxo de sangue e o período de duração da menstruação.

Mulher de Classe.

Você precisa ver isso também 👇👇

Add Comment